Guardas civis fazem doação de sangue coletiva

 

FOTO: Reprodução

 

Como parte da programação de aniversário de 10 anos, 20 guardas civis municipais realizaram doação de sangue no Serviço de Transfusão de Sangue (STS), em Nazaré, na tarde desta quarta-feira (25). O gesto é fruto de uma parceria entre a Guarda Civil Municipal de Salvador (GCMS) e a Secretaria Municipal de Saúde (SMS). As bolsas de sangue serão destinadas ao Hospital Municipal de Salvador.

Durante as doações, a médica e diretora técnica do Hospital Municipal de Salvador, Thayse Barreto, agradeceu a cooperação dos guardas. “É muito importante colaboramos com ações dessa natureza, pois estaremos ajudando diretamente a população. Possuímos uma parceria com o STS e esse ato com a Guarda vem para reforçar”, disse. Para o diretor do STS, Valdir Lisboa, a iniciativa é bastante válida. “Ficamos felizes com apoio da Guarda Municipal. Os receptores das bolsas ficarão extremamente agradecidos”, reforçou.

O voluntariado dos servidores da Guarda não foi uma prática pontual. De acordo com o inspetor geral da Guarda Civil, Alysson Carvalho, eles se disponibilizam a doar sempre que solicitados. “É importante frisar que diariamente recebemos solicitações de doações de sangue, sendo tais informações encaminhadas para os agentes através de boletim, que inclusive já possuem o costume de realizar as doações. Hoje reunimos uma quantidade maior de servidores para fornecer essas bolsas para o Hospital Municipal de Salvador”, salientou.

Os interessados em realizar doação de sangue no STS, podem se dirigir à Rua do Limoeiro, nº 179, no bairro de Nazaré, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

Aniversário – A Guarda completou uma década no dia 11 de julho. Criada em 2007, a corporação foi apresentada ao público pela primeira vez no desfile do Dois de Julho de 2008. Atualmente conta com 1.219 membros, sendo 1.083 homens e 136 mulheres, que atuam durante 24 horas, em esquema de plantão, durante os sete dias da semana. Entre as melhorias conquistadas em dez anos estão a implantação do uso de coletes balísticos modernos e armamentos, como espingardas, munições e novas pistolas de condutividade elétrica (Spark).

Foi também ampliada a concessão de porte de arma aos agentes, ação respaldada pela realização de psicotestes, conforme prevê a legislação do setor. Neste período, o efetivo passou a contar com novas carteiras de identidade funcional, segundo os padrões de segurança e qualidade do setor.

Visando manter a adoção de uma nova metodologia de gestão operacional de modo a conquistar mais eficiência nas atividades operacionais, foi criada também a Central de Operações da Guarda, que tem ainda o objetivo de melhorar o tempo de resposta ao público e auxiliar na tomada de decisões operacionais, táticas e estratégicas.

Outras notícias

NOTÍCIAS

Plataformas de transporte por aplicativos serão obrigadas a disponibilizar transporte de animais em Salvador

21 de Fevereiro de 2019

MUNDO

Guaidó vai à fronteira com a Colômbia garantir entrada de ajuda

21 de Fevereiro de 2019

POLÍTICA

ACM Neto anuncia Paulo Magalhães Jr. como novo líder do governo na CMS

21 de Fevereiro de 2019

NOTÍCIAS

MP-BA oferece denúncia contra padrasto de Eva Luana por estupro e tortura

21 de Fevereiro de 2019

NOTÍCIAS

“Comissão dos Animais será a mais atuante da Câmara”, garante Marcelle Moraes

20 de Fevereiro de 2019

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Moro vai ao Congresso entregar Projeto de Lei Anticrime 19 de Fevereiro de 2019

Rosa Weber pede manifestação de ministro da Educação sobre entrevista 15 de Fevereiro de 2019

Após festa acusada de racismo, Donata Meirelles pede demissão da Vogue 13 de Fevereiro de 2019

Grávida de sete meses, Ticiana Villas Boas decide o nome do bebê 13 de Fevereiro de 2019