Heineken pode fechar unidade que fatura quase R$ 2 bilhões em Alagoinhas

FOTO: REPRODUÇÃO

A fábrica da Heineken, localizada em Alagoinhas, no nordeste baiano, corre sério risco de ser fechada devido a questões ambientais, de acordo com a coluna Radar, da revista Veja.

Segundo a publicação, embora a indústria fature quase R$ 2 bilhões por ano, a empresa holandesa herdou da japonesa Brasil Kirin problemas com a extração de água do subsolo para produção das bebidas. De acordo com denúncias, a retirada é feita de forma clandestina.

Na tentativa de contornar a situação, a companhia contratou o lobista Guilherme Fahrat e o escritório de advocacia Pinheiro Neto, onde trabalhou o atual procurador-geral do próprio DNPM – o Departamento Nacional de Produção Mineral –, Frederico Munia Machado.

Outras notícias

CIDADE

Festa de aniversário de Salvador terá desfile de Ivete Sangalo na Barra

19 de Março de 2019

Programação é gratuita e tem eventos entre os dias 21 e 31 de março. Cajazeiras, Periperi e Rio Vermelho terão apresentações.

POLÍTICA

'Até quando o Rui Cost vai fechar os olhos para o quintal dele? ', questiona Marcelle Moraes sobre condições dos animais

18 de Março de 2019

POLÍTICA

Morre Epifânio Marques Sampaio, ex-prefeito de Muritiba

18 de Março de 2019

POLÍTICA

Bolsonaro recua e deve tratar da reforma da Previdência com ACM Neto

18 de Março de 2019

NOTÍCIAS

Altura da ponte Salvador-Itaparica é reduzida de 125 para 85 metros e preocupa setor náutico

18 de Março de 2019

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Moro vai ao Congresso entregar Projeto de Lei Anticrime 19 de Fevereiro de 2019

Rosa Weber pede manifestação de ministro da Educação sobre entrevista 15 de Fevereiro de 2019

Conta de Bruna Marquezine no Instagram é desativada em meio a postagens de carnaval 05 de Março de 2019

Ivete se fantasia e curte Carnaval como foliã em Salvador 05 de Março de 2019