Heineken pode fechar unidade que fatura quase R$ 2 bilhões em Alagoinhas

FOTO: REPRODUÇÃO

A fábrica da Heineken, localizada em Alagoinhas, no nordeste baiano, corre sério risco de ser fechada devido a questões ambientais, de acordo com a coluna Radar, da revista Veja.

Segundo a publicação, embora a indústria fature quase R$ 2 bilhões por ano, a empresa holandesa herdou da japonesa Brasil Kirin problemas com a extração de água do subsolo para produção das bebidas. De acordo com denúncias, a retirada é feita de forma clandestina.

Na tentativa de contornar a situação, a companhia contratou o lobista Guilherme Fahrat e o escritório de advocacia Pinheiro Neto, onde trabalhou o atual procurador-geral do próprio DNPM – o Departamento Nacional de Produção Mineral –, Frederico Munia Machado.

Outras notícias

ECONOMIA

Latam começa a cobrar passageiro pela marcação de assento no avião

19 de Julho de 2018

POLÍTICA

Após negativa de PR e PRP, Bolsonaro diz que o ‘seu partido é o povo’

19 de Julho de 2018

FAMOSOS

Simaria posta foto com irmã e anuncia 'retorno'

19 de Julho de 2018

ESPORTE

Vitória vence o Paraná e abre distância do Z-4

18 de Julho de 2018

CIDADE

SAMU 192 completa 13 anos de assistência em Salvador e Região Metropolitana

18 de Julho de 2018

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

STF SOLTA JOSÉ DIRCEU 26 de Junho de 2018

Câmara dos Deputados aprova projeto que permite advogado sem procuração ver processo eletrônico 15 de Maio de 2018

Simaria posta foto com irmã e anuncia 'retorno' 19 de Julho de 2018

Corte irá decidir se filhas de Menghan e Harry terão título Real 17 de Julho de 2018