Heineken pode fechar unidade que fatura quase R$ 2 bilhões em Alagoinhas

FOTO: REPRODUÇÃO

A fábrica da Heineken, localizada em Alagoinhas, no nordeste baiano, corre sério risco de ser fechada devido a questões ambientais, de acordo com a coluna Radar, da revista Veja.

Segundo a publicação, embora a indústria fature quase R$ 2 bilhões por ano, a empresa holandesa herdou da japonesa Brasil Kirin problemas com a extração de água do subsolo para produção das bebidas. De acordo com denúncias, a retirada é feita de forma clandestina.

Na tentativa de contornar a situação, a companhia contratou o lobista Guilherme Fahrat e o escritório de advocacia Pinheiro Neto, onde trabalhou o atual procurador-geral do próprio DNPM – o Departamento Nacional de Produção Mineral –, Frederico Munia Machado.

Outras notícias

CIDADE

SOM ZERO: Barracas do Imbuí ficam impedidas de utilizar equipamentos de sonorização

24 de Abril de 2018

Medida provisória permanecerá até que os permissionários apresentem um projeto de adequação sonora viável para Prefeitura

POLÍTICA

Angelo Coronel recebe apoio de líderes evangélicos para postular vaga ao Senado na chapa majoritária de Rui Costa

23 de Abril de 2018

FAMOSOS

Nasce terceiro filho de Kate e do príncipe William

23 de Abril de 2018

POLÍTICA

PT registra aumento de filiações ao partido

23 de Abril de 2018

Após a prisão de Lula, a adesão em uma semana foi maior que a média mensal do partido

JURÍDICO

Gamil Foppel é cotado para disputar presidência da OAB Bahia

22 de Abril de 2018

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Gamil Foppel é cotado para disputar presidência da OAB Bahia 22 de Abril de 2018

Justiça estende prazo para Samarco fechar acordo sobre Mariana 21 de Abril de 2018

Nasce terceiro filho de Kate e do príncipe William 23 de Abril de 2018

Ivete prestigia show de Jorge Drexler na BA 18 de Abril de 2018