Embraer e Boeing firmam parceria para acelerar crescimento

A Embraer e a Boeing informaram hoje (17) que aprovaram os termos da parceria estratégica para acelerar o crescimento em mercados aeroespaciais globais para as duas empresas. A parceria contemplará a aviação comercial da Embraer e serviços associados com participação de 80% da Boeing, no valor de US$ 4,2 bilhões, e de 20% da Embraer.

A expectativa é que a parceria não terá impacto no lucro por ação da Boeing em 2020, passando a ter impacto positivo nos anos seguintes. A joint venture deve gerar sinergias anuais de cerca de US$ 150 milhões até o terceiro ano de operação.

Segundo o comunicado da Embraer, a parceria está sujeita à aprovação do governo brasileiro. Só então as duas empresas assinarão o acordo. Em seguida será submetida à aprovação dos acionistas, das autoridades regulatórias, e a outras condições relacionadas a este tipo de transação. A joint venture será liderada por uma equipe de executivos sediada no Brasil e a Boeing terá o controle operacional e de gestão da nova empresa, que responderá diretamente a Dennis Muilenburg, presidente e CEO da Boeing. A Embraer terá poder de decisão para alguns temas estratégicos, como a transferência das operações do Brasil.

 “A Boeing e a Embraer possuem um relacionamento estreito graças a mais de duas décadas de colaboração. O respeito mútuo e o valor que enxergamos nesta parceria só aumentou desde que iniciamos discussões conjuntas no começo deste ano”, disse o presidente, chairman e CEO da Boeing, Dennis Muilenburg.

O presidente e CEO da Embraer, Paulo Cesar de Souza e Silva, afirmou estar confiante de que a parceria será de "grande valor" para o Brasil. “Esta aliança fortalecerá ambas as empresas no mercado global e está alinhada à nossa estratégia de crescimento sustentável de longo prazo”, 

As empresas também chegaram a um acordo sobre os termos de uma segunda joint venture para promover e desenvolver novos mercados para o avião multimissão KC-390. De acordo com a parceria proposta, a Embraer deterá 51% de participação najoint venture e a Boeing, os 49% restantes.

Outras notícias

POLÍTICA

Câmara de Salvador aprova projeto que cria Medalha Irmã Dulce

19 de Junho de 2019

POLÍTICA

Bahia pode receber recursos extra orçamentários para a saúde

19 de Junho de 2019

Aporte de verbas é resultado da articulação política do deputado federal Alex Santana em Brasília

POLÍTICA

Câmara de Cruz das Almas implanta CPI para investigar diversos problemas na Saúde do Município

19 de Junho de 2019

SAÚDE

Vereadora Marcelle Moraes alerta sobre o cuidado com os animais no período junino

19 de Junho de 2019

POLÍTICA

TJ-BA nega recurso do Grande Hotel Juazeiro contra o deputado Marcell Moraes

18 de Junho de 2019

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Justiça suspende leilão da Avianca marcado para amanhã 06 de Maio de 2019

Após mais de um ano sumido, Tiago Iorc lança álbum surpresa 05 de Maio de 2019

Leo Santana pede Lore Improta em casamento durante viagem a Dubai 25 de Março de 2019