Dez mulheres que mudaram a história do esporte

O pensamento machista de que “esporte não é coisa de mulher” foi a máxima que vigorou durante muitos e muitos séculos no mundo. Na Grécia Antiga, por exemplo, acreditava-se que as mulheres ficariam masculinizadas com exercícios. Além de a prática ser exclusiva aos homens, elas eram proibidas até mesmo de assistir aos jogos, sob a pena de morte, já que geralmente os atletas estavam nus durantes as disputas.

Apesar de ainda vivermos em um mundo que favorece os homens, muita coisa vem mudando. E se ainda não chegamos ao ideal, a culpa não é delas, já que bons exemplos de luta e superação não faltam. Para comemorar o Dia Internacional da Mulher, confira essa essa lista de 10 mulheres que muito lutaram pela igualdade e fizeram jus ao significado deste dia: a luta feminina.

Stamati Revithi

A grega Stamati Revithi completou o percurso da maratona em 4 horas e meia, conquistando índice menor que muitos homens que disputavam a prova, mas apesar disso, não teve o reconhecimento do Comitê Olímpico Internacional (COI). Como forma de protesto, ela realizou o percurso da maratona do lado de fora do estádio.

 

Charlotte Cooper

 A tenista Charlotte Cooper foi a primeira mulher a ganhar um ouro olímpico

 

Alice Melliat

 Alice Melliat fundou a Federação Esportiva Feminina Internacional (FEFI), que muito ajudou na luta das mulheres

 

Maria Lenk

 Maria Lenk, a primeira sul-americana a participar de uma Olimpíada

Aída dos Santos

 Aída dos Santos foi a primeira mulher brasileira a participar de uma final olímpica

Jacqueline e Sandra

 Jacqueline e Sandra ficaram com ouro após derrotar as compatriotas Adriana e Mônica

Hortência

 Hortência, foi uma das maiores jogadoras brasileiras de basquete de todos os tempos. Fez 3.160 pontos em 127 jogos

 

Daiane dos Santos

 Daiane dos Santos foi a primeira ginasta brasileira a conquistar medalha de ouro no Campeonato Mundial

Marta

Com duas medalhas de prata em Olimpíadas, a alagoana foi eleita melhor jogadora de futebol do mundo pela Fifa em cinco oportunidades.

Rafaela Silva

Rafael Silva foi responsável pela primeira medalha de ouro olímpica do Brasil nos Jogos Rio 2016.

 

Outras notícias

NOTÍCIAS

Plataformas de transporte por aplicativos serão obrigadas a disponibilizar transporte de animais em Salvador

21 de Fevereiro de 2019

MUNDO

Guaidó vai à fronteira com a Colômbia garantir entrada de ajuda

21 de Fevereiro de 2019

POLÍTICA

ACM Neto anuncia Paulo Magalhães Jr. como novo líder do governo na CMS

21 de Fevereiro de 2019

NOTÍCIAS

MP-BA oferece denúncia contra padrasto de Eva Luana por estupro e tortura

21 de Fevereiro de 2019

NOTÍCIAS

“Comissão dos Animais será a mais atuante da Câmara”, garante Marcelle Moraes

20 de Fevereiro de 2019

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Moro vai ao Congresso entregar Projeto de Lei Anticrime 19 de Fevereiro de 2019

Rosa Weber pede manifestação de ministro da Educação sobre entrevista 15 de Fevereiro de 2019

Após festa acusada de racismo, Donata Meirelles pede demissão da Vogue 13 de Fevereiro de 2019

Grávida de sete meses, Ticiana Villas Boas decide o nome do bebê 13 de Fevereiro de 2019