Ana Marcela conquista o primeiro ouro do Brasil na maratona aquática do Pan

Foto: Wander Roberto / COB

A nadadora Ana Marcela Cunha escreveu mais uma página na sua rica história de conquistas. Neste domingo (4), a baiana multi-campeã foi campeã do Pan-Americana pela primeira vez na sua carreira. Ela ganhou a prova dos 10 km na maratona aquática, nos Jogos disputados em Lima, no Peru. Esta também foi a primeira medalha de ouro do Brasil na modalidade.

"Essa é a primeira medalha de ouro na história da maratona aquática, a gente vinha de duas pratas com a Poliana (Okimoto). Acho que ela abriu muito o caminho para a gente. Eu espero continuar seguindo esse mesmo caminho em busca de uma medalha olímpica também. Acredito que esse resultado é fruto do investimento que a gente tem hoje no Rio de Janeiro, no CT do Maria Lenk. É uma conquista do Time Brasil", comemorou. "Muito feliz, não tinha nenhuma medalha de Pan. É minha terceira edição competindo e estou feliz de sair hoje com a de ouro", completou.

Ana Marcela Cunha assumiu a liderança da prova e abriu vantagem de cinco metros no último quarto da prova, na marcação de 7,5 km. No início da prova, ela revezou a ponta com a americana Kathryn Campbell e a argentina Cecilia Biagioli. A baiana cruzou a linha de chegada com 31 segundos à frente da segunda colocada, com o tempo de 2h00min51s9. A medalha de prata ficou com a argentina Cecilia Biagioli que completou a prova em 2h01min23s2. A brasileira Viviane Jungblut completou o pódio com o bronze com o tempo de  2h01min24s0.

BRASIL ASSUME VICE-LIDERANÇA NO QUADRO DE MEDALHAS

Além do ouro e bronze na maratona aquática feminina, o Brasil conquistou outras seis medalhas de ouro e subiu no pódio mais 15 vezes neste domingo. Com isso, o país assumiu a vice-liderança no quadro de medalhas no Pan-Americano ao somar 22 títulos, deixando para trás o México com 20 e o Canadá com 18. Os Estados Unidos lideram com 54 conquistas.

Das outras seis medalhas de ouro, a canoagem brilhou conquistando quatro com Ana Sátila no C1 e no Extreme, Pepê Gonçalves no K1 e no Extreme. No surfe, Chloé Calmon foi campeã no longboard e João Menezes ficou com o título no tênis de simples masculino.

Já os demais lugares dos pódios foram ocupados por Felipe Borges com o bronze na canoagem C1. No surf, Nicole Pacelli ficou com o bronze no Stand-Up. Na marcha atlética, além do bronze de Erica Sena (leia mais aqui), Caio Bonfim ficou com a prata na prova masculina dos 20 km. Já no hipismo, a equipe brasileira confirmou a prata e ainda conseguiu a vaga olímpica, enquanto que Carlos Parro foi bronze no individual. Na ginástica rítmica, a seleção brasileira levou o bronze por equipes. Por fim, no vôlei masculino, o Brasil bateu o Chile por 3 sets a 0 e colocou a medalha de bronze no peito.

Outras notícias

NOTÍCIAS

Guardas Civis Municipais de Salvador agitam Natal do Campo Grande

14 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS

40 mil pessoas lotam a Fonte Nova para celebrar centenário da Assembleia de Deus na Bahia

09 de Dezembro de 2019

Secretário do Planejamento da Bahia, Walter Pinheiro, o vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis, o presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Leal, além dos deputados estadual Samuel Júnior (PDT), e federal Alex Santana (PDT), foram algumas das autoridades presentes no evento

NOTÍCIAS

Assembleia de Deus celebra centenário na Arena Fonte Nova neste sábado

06 de Dezembro de 2019

NOTÍCIAS

Campanha Dezembro Verde alerta sobre conduta criminosa de abandono de animais

04 de Dezembro de 2019

Vereadora e protetora de animais Marcelle Moraes aderiu à campanha na capital baiana

NOTÍCIAS

Câmara de Salvador homenageará em Sessão Solene os 175 anos do Apostolado da Oração

22 de Novembro de 2019

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Advogado de Lula pede que juiz reconsidere acesso a sistema da Odebrecht 05 de Setembro de 2019

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Grazi Massafera é vista aos beijos com Caio Castro em festa 04 de Setembro de 2019

Nego do Borel é condenado a pagar R$ 20 mil a motorista de aplicativo 22 de Agosto de 2019