Deputado Marcell Moraes denuncia Hiper Bompreço de Vitória da Conquista por maus tratos a animais

Foto: Reprodução

 

O deputado estadual Marcell Moraes recebeu diversas denúncias referente a uma prática ocorrida na última segunda-feira (15) dentro do estacionamento do Hiper Bompreço de Vitória da Conquista. Um músico local flagrou o momento em que funcionários uniformizados da ORKIN – empresa especializada no combate de pragas – estavam dopando cães no local. 

Ao questionar o que os homens faziam com os animais, um deles respondeu que se tratava de um serviço que o Bompreço havia contratado para transportar os cães para uma ONG em Salvador, já que estavam atacando os clientes da loja. 

“Os dois pareciam bem irritados com meus questionamentos, só responderam que se trata de uma ONG credenciada, legalizada e que a empresa não sujaria o próprio nome, disse novamente. Observei as marcas em seu uniforme: ORKIN e BRASPRAG. Pesquisando, descobri ser uma empresa de combate a pragas que, na Bahia, atua apenas na capital”, declarou o denunciante. 

O músico ainda buscou a gerência do supermercado. Eles disseram que “a prefeitura alegou que nada poderia fazer sobre os ataques aos clientes, nem mesmo nós poderíamos tomar uma atitude com os cachorros, então contratamos uma empresa para isso. Essa ONG (ORKIN) é credenciada, legalizada”.

Estarrecido com a tratativa do Hiper Bompreço com os animais, Marcell vai acionar o Ministério Público da Bahia (MP-BA) para questionar a prática. 

“Não vou admitir que tratem animais como praga, é cruel dopar bichos indefesos para poder dar fim. São vidas e que merecem respeito. Um absurdo! A empresa informou que encaminhou os bichos para Salvador e isso já foi desmentido, quero saber o que mais vão inventar agora. Garanto que usarei todos os meios possíveis para que nada passe batido”, bradou o deputado.

Outras notícias

NOTÍCIAS

Empresa que presta serviço de segurança à Caixa Econômica na Bahia descumpre obrigações trabalhistas

09 de Julho de 2020

De acordo com denúncias recebidas pelo deputado estadual, Samuel Júnior (PDT), a empresa Interfort Segurança apresenta irregularidades como a falta de depósito do FGTS dos trabalhadores, além do não pagamento das horas extras, ticket de refeição e vale transporte

NOTÍCIAS

Pandemia: isolamento social aumenta em 48% número de quedas entre idosos da capital

08 de Julho de 2020

NOTÍCIAS

PSDB apresenta pré-candidato à Prefeitura de Paripiranga

07 de Julho de 2020

NOTÍCIAS

Vereadora pede medidas urgentes da Concessionária Salvador Norte após estupro de cadela dentro da empresa

07 de Julho de 2020

NOTÍCIAS

Médica mineira deverá ser a mais nova cidadã baiana após relevantes serviços prestados na Bahia

03 de Julho de 2020

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Advogado de Lula pede que juiz reconsidere acesso a sistema da Odebrecht 05 de Setembro de 2019

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Aos 98 anos, morre sambista Riachão 30 de Março de 2020

Preta Gil recebe alta após diagnóstico de coronavírus: ‘Estou curada’ 27 de Março de 2020