Multicentros de Salvador ultrapassam marca de 130 mil atendimentos

Unidades são gerenciadas pelo ISAC – Instituto Saúde e Cidadania

Os Multicentros de Saúde Carlos Gomes e Vale da Pedrinhas ultrapassaram a marca de 130 mil atendimentos em 2020. Administradas pelo ISAC – Instituto Saúde e Cidadania há cinco meses, essas unidades são consideradas importantes equipamentos do setor ambulatorial de Salvador, garantindo atendimento gratuito por meio do SUS – Sistema Único de Saúde.

O modelo de governança assistencial eficiente, assegurada via Protocolo ISAC, tem possibilitado a melhoria contínua dos serviços. Em agosto, o Multicentro Carlos Gomes apresentou uma produção assistencial de pouco mais de 12 mil atendimentos. No final de dezembro, a unidade registrou cerca de 15 mil acolhimentos, um incremento superior a 23%. Já o Multicentro Vale das Pedrinhas praticamente dobrou a produção do Serviço de Apoio Diagnóstico e Terapia no mesmo período. Foram 3,7 mil atendimentos contabilizados em agosto contra mais de 6,3 acolhimentos em novembro.

“Num curto espaço de tempo conseguimos assegurar um atendimento mais humanizado, seguro e de qualidade aos nossos beneficiários. Também conseguimos implantar processos mais eficazes que geraram a melhoria de alguns indicadores. Mesmo com algumas dificuldades ainda enfrentadas nos serviços, temos convicção de que o cidadão soteropolitano já consegue perceber a diferença do Jeito ISAC de cuidar”, pontuou Kamyla Bastos, gerente de Operações ISAC na Bahia.

Acesso aos serviços

Juntas, as unidades são responsáveis pela realização de aproximadamente 30 mil atendimentos mensais, além de mais de 15 mil procedimentos. Para ter acesso aos serviços, o beneficiário SUS da capital baiana pode realizar o agendamento presencial nos próprios multicentros nos dias destinados para cada especialidade.

Uma parte das vagas também é disponibilizada por meio do Sistema Vida+ Cidadão em todas as 153 unidades básicas de Salvador. “Destacamos dias específicos para a marcação de algumas especialidades para facilitar o acesso dos cidadãos às consultas que desejam, bem como, evitar aglomerações nos postos. Essa medida otimiza o fluxo e traz mais comodidade aos nossos beneficiários”, explicou Kamyla.

Para o agendamento, o paciente deve portar o cartão SUS de Salvador, documento oficial com foto e a requisição com a indicação médica para o atendimento especializado.

Estrutura

Implantados para ofertar serviços de atenção integral à saúde da comunidade por meio de assistência especializada ambulatorial, juntos, os Multicentros Carlos Gomes e Vale da Pedrinhas contam com cerca de 300 colaboradores, entre médicos especialistas e enfermeiros, técnicos, dentre outros profissionais.

Nessas unidades é possível ter acesso às consultas especializadas nas áreas da Angiologia, Cardiologia adulto e pediátrica, Clínica Geral, Dermatologia, Endocrinologia adulto e pediátrica, Gastroenterologia, Geriatria, Ginecologia, Mastologia, Nefrologia, Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, Ortopedia, Pediatria, Pneumologia, Reumatologia e Urologia, além de atendimento nas áreas de Serviço Social, Nutrição, Psicologia, Enfermagem e Farmácia.

Outras notícias

NOTÍCIAS

Hipnose auxilia pacientes na reeducação alimentar e emagrecimento

20 de Janeiro de 2021

NOTÍCIAS

Marcelle Moraes denuncia utilização de gato para churrasco com grupo de amigos em Camaçari

14 de Janeiro de 2021

NOTÍCIAS

Geraldo Júnior recomenda "mutirão da fé, em casa" na Lavagem do Bonfim

13 de Janeiro de 2021

NOTÍCIAS

Deputado federal baiano recorre à Bolsonaro para ajudar trabalhadores da Ford de Camaçari

13 de Janeiro de 2021

NOTÍCIAS

Gripários de Salvador registram aumento na procura de atendimentos nos primeiros dias do ano

12 de Janeiro de 2021

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Advogado de Lula pede que juiz reconsidere acesso a sistema da Odebrecht 05 de Setembro de 2019

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Aos 98 anos, morre sambista Riachão 30 de Março de 2020

Preta Gil recebe alta após diagnóstico de coronavírus: ‘Estou curada’ 27 de Março de 2020