Vejas todas as medidas de retomada econômica anunciadas pela prefeitura de Salvador

Uma série de medidas emergenciais para a retomada da economia em Salvador foi anunciada na manhã desta quarta-feira (31), durante coletiva virtual realizada pelo prefeito Bruno Reis (DEM). O comércio não essencial vai abrir as portas de forma escalonada na próxima segunda-feira (5). 

O gestor apresentou 12 medidas que, segundo ele, ajudarão os comerciantes a se erguerem diante da crise econômica causada pela pandemia. Uma delas é a criação de um programa da prefeitura de microcrédito desburocratizado com juros de até 0,7%, carência de seis meses e possibilidade de parcelamento de 12 a 24 meses.

Veja todas as medidas anunciadas: 

Todos os segmentos econômicos vão poder adiar o pagamento da Taxa de Fiscalização do Funcionamento (TFF) que venceria no dia 30 de abril em três parcelas. Os vencimentos serão nos dias 30 de setembro, 30 de outubro e 30 de novembro deste ano.

Quase 10 mil taxistas, mototaxistas e donos de veículos de turismo e transporte escolar terão direito à isenção das taxas de vistoria.

Todos os segmentos econômicos, exceto os setores essenciais que puderam funcionar durante os decretos municipais, terão a renovação automática de alvarás de funcionamento, vigilância sanitária e ambientais As taxas venceriam neste ano.

Os autônomos, que deveriam pagar o Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), em abril, vão poder quitar em setembro. 

O setor da construção civil terá outorga onerosa com desconto de 50%.

O prazo final de vigência para as certidões negativas de débito (CNDs) serão prorrogado.

O setor hoteleiro, incluindo os empresários de moteis e hospedagem, poderão aderir ao IPTU Proturismo, que prevê desconto de 40%. O prazo é de três meses para a inclusão 2021/2022

Será aplicada a Política Municipal de Inovação com a nomeação do Conselho Municipal de Inovação.

Postergação para pagamento em parcela única do TVL (Termo de Viabilidade de Localização), que costumava ser pago no momento de entrada do pedido para ser pago após liberação do termo, em DAM único para as secretarias de Urbanismo (Sedur) e da Fazenda (Sefaz).

Será reduzido de 50% da Taxa de Licença de Localização (TLL) de empresas de pequeno porte (EPP).

Será aplicada também a abrangência da Lei Revitalizar ISS, IPTU, ITIV e TRSD para toda a Área de Proteção Cultural e Paisagística do Centro Antigo e melhoria do prazo (a partir da emissão do alvará de construção). O projeto de lei, no entanto, ainda será enviado à Câmara Municipal de Salvador (CMS).

Outras notícias

NOTÍCIAS

Cerca de 4 mil médicos veterinários devem ser vacinados contra Covid-19 em Salvador

12 de Abril de 2021

NOTÍCIAS

Trabalhadores da saúde receberão adicional insalubridade durante a pandemia em Salvador

09 de Abril de 2021

Projeto aprovado na Câmara Municipal prevê o benefício em grau máximo

NOTÍCIAS

Consórcio do Litoral e Agreste da Bahia se reúne em assembleia para reconhecer novos municípios

09 de Abril de 2021

NOTÍCIAS

Câmara de Salvador aprova regulamentação da prática de esporte eletrônico em Salvador

08 de Abril de 2021

Texto segue para sanção do prefeito Bruno Reis (DEM)

NOTÍCIAS

Substitutivo da regulamentação de motoristas por aplicativo é alvo de discussão na Secretaria de Mobilidade de Salvador

07 de Abril de 2021

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Advogado de Lula pede que juiz reconsidere acesso a sistema da Odebrecht 05 de Setembro de 2019

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Aos 98 anos, morre sambista Riachão 30 de Março de 2020

Preta Gil recebe alta após diagnóstico de coronavírus: ‘Estou curada’ 27 de Março de 2020