Médica vai responder por homicídio culposo em acidente que matou professora de balé

Médica Rute Nunes - FOTO: REPRODUÇÃO

A médica Rute Nunes Queiroz, de 49 anos, que se envolveu em um acidente que acabou com a morte da professora de dança Geovanna Alves Lemos, de 41 anos, em Salvador, foi indiciada por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O inquérito policial do caso foi concluído e encaminhado ao Ministério Público da Bahia (MP-BA) nesta quarta-feira (9), segundo informações da Polícia Civil.

Ela também vai responder por lesão corporal culposa, quando não há intenção de ferir, pois o condutor da moto, identificado como Luciano da Silva Lopes, também teve ferimentos, porém leves.

Atualmente, ela responde ao inquérito em liberdade. No entanto, se a denúncia feita pela polícia for acatada pelo MP e pela Justiça, ela irá à julgamento e pode ser presa novamente. Não há previsão para uma reposta dos órgãos.

O caso

A médica dirigia o carro que bateu no mototáxi onde a professora viajava no dia do acidente, que ocorreu na Avenida ACM, em um trecho do bairro da Pituba.

FOTO: REPRODUÇÃO

A médica chegou a ser presa após o acidente, mas pagou fiança e foi liberada.

Outras notícias

POLÍTICA

Haddad salta 6 pontos e Bolsonaro sobe para 28%, mostra pesquisa

21 de Setembro de 2018

SAÚDE

Saúde oferece assistência aos participantes da Maratona Salvador 2018

21 de Setembro de 2018

ESPORTE

Coreias entram em acordo por candidatura conjunta para Olimpíada de 2032

21 de Setembro de 2018

ENTRETENIMENTO

Produção do Salvador Fest divulga esquema especial de segurança para o evento

21 de Setembro de 2018

ESPORTE

Bahia vence e abre vantagem na Sul-Americana

20 de Setembro de 2018

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Supremo dá aval à terceirização irrestrita 31 de Agosto de 2018

STJ impede Ciro de visitar Lula na prisão 24 de Agosto de 2018

Ivete Sangalo e Daniel Cady batizam filhas, Marina e Helena, em Salvador 17 de Setembro de 2018

Simone anuncia pausa em shows após Simaria passar mal: 'Fazendo novos exames por conta da doença' 16 de Setembro de 2018