Polícia Federal abre segundo inquérito para investigar ataque contra Bolsonaro

FOTO: REPRODUÇÃO

A Polícia Federal abriu na manhã desta terça-feira (25) o segundo inquérito para investigar o ataque contra o candidato à Presidência da República pelo PSL, Jair Bolsonaro, na cidade de Juiz de Fora, em Minas Gerais. A apuração busca descobrir se mais de uma pessoa participou do ato.

“Vamos apurar se Adélio tem alguma conexão com algum grupo ou organização criminosa”, afirmou o delegado Regional de Combate ao Crime Organizado de Minas Gerais, Rodrigo Morais, segundo o G1. “Elementos importantes foram encontrados no material apreendido, como agenda de contatos, troca de telefonemas e mensagens via aplicativos nos dias que antecederam o atentado, o que motiva a investigação de novos suspeitos", explicou.

Morais relatou ainda que as informações colhidas até agora indicam que Adélio Bispo de Oliveira não teve ajuda de ninguém quando esfaqueou Bolsonaro durante o ato de campanha. O suspeito foi preso no dia do ataque e disse que cometeu o crime "a mando de Deus".

Outras notícias

ESPORTE

Gilberto sai em defesa de Enderson, após eliminação do Bahia da Sul-Americana

22 de Fevereiro de 2019

O tricolor empatou em 0x0 com o Liverpool do Uruguai

NOTÍCIAS

Plataformas de transporte por aplicativos serão obrigadas a disponibilizar transporte de animais em Salvador

21 de Fevereiro de 2019

MUNDO

Guaidó vai à fronteira com a Colômbia garantir entrada de ajuda

21 de Fevereiro de 2019

POLÍTICA

ACM Neto anuncia Paulo Magalhães Jr. como novo líder do governo na CMS

21 de Fevereiro de 2019

NOTÍCIAS

MP-BA oferece denúncia contra padrasto de Eva Luana por estupro e tortura

21 de Fevereiro de 2019

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Moro vai ao Congresso entregar Projeto de Lei Anticrime 19 de Fevereiro de 2019

Rosa Weber pede manifestação de ministro da Educação sobre entrevista 15 de Fevereiro de 2019

Após festa acusada de racismo, Donata Meirelles pede demissão da Vogue 13 de Fevereiro de 2019

Grávida de sete meses, Ticiana Villas Boas decide o nome do bebê 13 de Fevereiro de 2019