Geddel e Lúcio Vieira Lima se tornam réus por bunker com R$ 51 milhões

FOTO: REPRODUÇÃO

A segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou nesta terça-feira (8) a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal contra o deputado federal Lúcio Vieira Lima e o irmão dele, o ex-ministro Geddel Vieira Lima, ambos do MDB, no caso dos R$ 51 milhões apreendidos em um apartamento em Salvador (BA).

Com isso, Geddel e Lúcio se tornaram réus e passarão a responder a uma ação penal na Corte pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação criminosa.

Ao analisar a denúncia, o STF também acolheu a acusação contra Marluce Vieira Lima, mãe de Geddel e de Lúcio; Job Ribeiro, ex-assessor de Lúcio Vieira Lima; e Luiz Fernando Costa Filho, sócio da empresa Cosbat.

Os ministros do Supremo rejeitaram, contudo, a denúncia contra Gustavo Ferraz, ex-diretor da Defesa Civil de Salvador.

Outras notícias

POLÍTICA

TSE determina que Facebook e YouTube removam vídeos de Bolsonaro sobre suposto “kit gay”

16 de Outubro de 2018

ESPORTE

Vitória lança promoção de ingressos para jogo com o Corinthians

16 de Outubro de 2018

ESPORTE

Barcelona retira status de embaixador de Ronaldinho após apoio a Bolsonaro

16 de Outubro de 2018

ESPORTE

Bahia será o mandante no clássico contra o Vitória no Nordestão 2019

15 de Outubro de 2018

ESPORTE

Elenco do Bahia folga nesta segunda e se reapresenta na terça-feira

15 de Outubro de 2018

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

TJ-BA aumenta vale-alimentação de servidores, juízes e desembargadores para R$ 1,1 mil 02 de Outubro de 2018

Supremo dá aval à terceirização irrestrita 31 de Agosto de 2018

Simone chora em último show sem Simaria: “Melhor coisa a se fazer” 01 de Outubro de 2018

Angela Maria, rainha do rádio, morre aos 89 anos 30 de Setembro de 2018