A pedido de Marcelle, ACM Neto deve criar coordenadoria dos animais na prefeitura

O prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), conseguiu contornar a crise com Marcell (PSDB) e Marcelle Moraes (sem partido) que havia deixado nas eleições e limpou as arestas. O gestor atendeu um pleito da vereadora de criar uma coordenadoria dentro da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) para especificamente atendar as demandas da causa animal, segundo o site Bahia Notícias.

Anteriormente essa “subpasta”, que teria mesmo tamanho de uma Limpurb ou Guarda Civil, seria instalada na Secretaria de Cidade Sustentável, hoje comandada por André Fraga (PV), mas que não teria tanta autonomia quanto terá agora na Semop. Ainda conforme apurado, o projeto vai ser enviado nos próximos dias à Câmara Municipal de Salvador, que não terá problema em aprovar. A mudança surgiu após uma reunião da vereadora com o democrata esta semana.

Apesar da criação, Marcelle continuará na Câmara Municipal e deverá indicar uma pessoa da sua confiança para o posto. Após deixar o PV por desavenças com membros da legenda, ela ainda não tem um partido.

Outras notícias

SAÚDE

MPF pede que escolas cobrem carteira de vacinação de alunos

15 de Novembro de 2018

FAMOSOS

Ivete fala pela 1ª vez sobre ‘silêncio’ nas eleições: 'Política fazemos todos os dias'

15 de Novembro de 2018

ESPORTE

Com treino regenerativo, Bahia se reapresenta de olho no Atlético-MG

15 de Novembro de 2018

NOTÍCIAS

Em interrogatório, Lula diz que não pagou por reformas porque não era dono do sítio em Atibaia

14 de Novembro de 2018

NOTÍCIAS

Com confirmação do apoio do PDT, Nelson Leal ganha força na corrida pela presidência da ALBA

14 de Novembro de 2018

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Fachin envia pedido de liberdade de Lula para 2ª turma 06 de Novembro de 2018

Justiça suspende concurso da Assembleia Legislativa da Bahia 01 de Novembro de 2018

Ivete fala pela 1ª vez sobre ‘silêncio’ nas eleições: 'Política fazemos todos os dias' 15 de Novembro de 2018

Erika Januza é vítima de ataque racista: ‘Macaca e fedida’ 30 de Outubro de 2018