Bolsonaro nomeia genro de Léo Pinheiro para presidência da Caixa

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) oficializou a nomeação de Pedro Guimarães como presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), nesta segunda-feira (7). O economista, que se especializou em privatizações nos Estados Unidos, é genro de Léo Pinheiro, ex-executivo da OAS, devedora da Caixa em diversos empreendimentos.

Pinheiro foi preso através de investigações da Lava Jato sob a acusação de pagar propina a políticos em troca de favorecimentos para sua empreiteira. Ele foi solto, no entanto, após fechar um acordo de delação premiada para incriminar Lula.

De acordo com o site O Antagonista, auditores da Caixa apontam ‘conflito de interesses’ na indicação. Eles afirmam que o banco Brasil Plural “é o principal credor no processo de recuperação judicial da empresa Ecovix, na qual Caixa e Banco do Brasil também são credores”. 

Leia a nota:
É com imensa preocupação que as entidades representativas dos empregados da Caixa acompanham a indicação do sócio e diretor do Banco Brasil Plural, Pedro Guimarães, para a presidência da empresa pública federal.

O Brasil Plural é o principal credor no processo de recuperação judicial da empresa Ecovix, na qual Caixa e Banco do Brasil também são credores.

É evidente, portanto, a incompatibilidade, por conflito de interesses, de um sócio-diretor do Brasil Plural ocupar qualquer cargo de gestão na Caixa ou no Banco do Brasil.

Além do evidente impedimento, pesa contra a empresa de Pedro Guimarães a suspeita de envolvimento na supervalorização artificial registrada pelo FIP Florestal, fundo do qual a empresa Brasil Plural é gestora. A operação causou prejuízos à Funcef e à Petros e está sob investigação da Polícia Federal e do Ministério Público Federal no âmbito da Operação Greenfield.

Esses motivos tornam a indicação de Pedro Guimarães extremamente temerária e suspeita, para muito além dos interesses privatistas os quais, ademais, jamais foram mantidos em segredo.

É importante lembrar que a CAIXA não pertence a um Governo, mas ao Estado Brasileiro. A CAIXA mantém hoje a melhor estrutura de capital entre todos os bancos brasileiros, já alcançou este ano o maior lucro da sua história, vem sendo administrada nas últimas gestões por empregados de carreira da empresa e continua sendo o banco essencial para a sociedade. Precisamos estar atentos.
 

Outras notícias

NOTÍCIAS

Prefeitura de Salvador antecipa 100% do pagamento dos servidores em junho

14 de Junho de 2019

NOTÍCIAS

Evento na Barra altera tráfego de veículos durante jogos da seleção na Copa América 2019

13 de Junho de 2019

POLÍTICA

‘’Gesto de maturidade com os compromissos do país’’, avalia deputado Alex Santana sobre aprovação de crédito suplementar

13 de Junho de 2019

NOTÍCIAS

Canonização de Irmã Dulce irá impulsionar turismo religioso em Salvador

12 de Junho de 2019

NOTÍCIAS

Alunos de escolas públicas e privadas não poderão ser obrigados a participar de festejos religiosos na Bahia

12 de Junho de 2019

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Justiça suspende leilão da Avianca marcado para amanhã 06 de Maio de 2019

Após mais de um ano sumido, Tiago Iorc lança álbum surpresa 05 de Maio de 2019

Leo Santana pede Lore Improta em casamento durante viagem a Dubai 25 de Março de 2019