Vacinação antirrábica está disponível em 94 postos de Salvador

FOTO: REPRODUÇÃO

A Prefeitura, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), trabalha diariamente para garantir o bem-estar da população e dos animais. As ações são realizadas de forma preventiva no controle de endemias e de zoonoses – doenças que podem ser transmitidas de animais para seres humanos.

Um dos serviços oferecidos gratuitamente pelo órgão é a imunização antirrábica, que pode ser encontrada em 94 postos físicos da rede municipal de saúde, cuja lista pode ser consultada no site www.saude.salvador.ba.gov.br. As vacinas são aplicadas de segunda a sexta-feira nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Unidades de Saúde da Família (USFs).

Apesar de Salvador não registrar casos de raiva canina desde 2009 e de raiva em humanos desde 2004, a chefe do Setor de Informações do CCZ, Ana Galvão, reforça a importância da vacinação. “A raiva é doença incurável, contagiosa e que pode até matar. A vacina antirrábica evita doenças tanto para o animal, quanto para o dono. É importante a população estar atenta a isso.”

Sintomas e controle – A transmissão da raiva ocorre pela saliva do animal doente em contato com a pele, por mordedura, arranhadura ou lambedura. Geralmente, os sintomas da doença são a dificuldade para engolir, salivação abundante, mudança de comportamento e de hábitos alimentares, além de paralisia das patas traseiras.

Para o controle da doença, a SMS tem intensificado ações de vacinações de cães e gatos. Para passar pelo procedimento, os cães e gatos devem possuir mais de três meses de idade e não podem estar doentes. Em 2017, 184 mil cães e 78 mil gatos foram imunizados contra a doença. “Quem for agredido por um animal suspeito, precisa limpar o local imediatamente com água e sabão e procurar um serviço de saúde”, orienta Ana Galvão.

CASTRAMÓVEL

O CCZ também é responsável pela castração dos animais domésticos. Nos primeiros meses de 2018, cerca de 800 cirurgias foram realizadas pelo Castramóvel, serviço itinerante evita a reprodução desordenada dos animais. Para a realização do serviço, os animais devem ter seis meses a cinco anos de vida, peso superior a um quilo, e as fêmeas não podem estar no período gestacional.

É preciso comparecer ao local com documento de identidade, cartão SUS e caderneta de vacinação antirrábica do animal. São distribuídas, diariamente, 100 fichas para atendimento. Cada pessoa pode levar até três animais. As cirurgias são agendadas para quarta, quinta ou sexta-feira.

Outras notícias

CIDADE

Dia dos Comerciários: Veja o que abre e o que fecha em Salvador

21 de Outubro de 2018

NOTÍCIAS

Ganhador dos R$ 2,5 milhões da Mega-Sena na BA se apresenta para fazer retirada de prêmio

20 de Outubro de 2018

POLÍTICA

TSE abre investigação contra Bolsonaro sobre compra de mensagens anti-PT

20 de Outubro de 2018

POLÍTICA

Haddad critica "silêncio absoluto" do TSE sobre suposta compra de mensagens de WhatsApp

19 de Outubro de 2018

POLÍTICA

Agências de mensagens e Flávio Bolsonaro são bloqueados no WhatsApp

19 de Outubro de 2018

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

TJ-BA aumenta vale-alimentação de servidores, juízes e desembargadores para R$ 1,1 mil 02 de Outubro de 2018

Supremo dá aval à terceirização irrestrita 31 de Agosto de 2018

Bruna Marquezine confirma fim de namoro com Neymar 18 de Outubro de 2018

Aeronave que transportaria cantora Cláudia Leitte é interditada pela ANAC 18 de Outubro de 2018