Porquinhos-da-índia só poderão ser adotados em pares em Salvador

 

Reprodução/ TV Globo

 

No intuito de preservar os direitos sociais dos animais, a vereadora Marcelle Moraes (DEM) apresentou o projeto de lei que vai tornar obrigatória a adoção de porquinhos-da-índia em pares no município de Salvador. O assunto começou a ser debatido na Câmara de Vereadores nesta semana. 

Na Suiça existe uma prática semelhante sobre os felinos. A concepção é que esses animais são altamente sociáveis e precisam da companhia de outros bichos da mesma espécie para se sentir bem. “A adoção responsável não se restringe apenas a alimentação e cuidados caseiros, é preciso também olhar para a saúde mental, os animais são considerados humanos e, portanto, possuem características de seres sociais. Ninguém se imagina vivendo completamente sozinho, sem laços para poder conviver, por isso, nada mais justo que os animais também tenham esse direito”, esclareceu Marcelle. 

O texto segue tramitando nas comissões da Casa para chegar a votação no plenário.

Outras notícias

NOTÍCIAS

Varicocele e hábitos de vida podem comprometer desejo de ser pai

06 de Agosto de 2020

NOTÍCIAS

Aumento no consumo de cigarro durante a pandemia pode elevar incidência de câncer de pulmão, alerta especialista

06 de Agosto de 2020

Fumantes correm riscos maiores de sofrerem sintomas graves de Covid-19; Tabagismo é responsável por 85% dos casos do tumor

NOTÍCIAS

Falta de prevenção é a inimiga nº 1 do Dia dos Pais

06 de Agosto de 2020

NOTÍCIAS

Reunião acelera inclusão de casas de ração e pet shops como serviços essenciais em localidades com medidas restritivas

06 de Agosto de 2020

NOTÍCIAS

Joceval Rodrigues é o convidado da live ‘A Tarde Conecta’

05 de Agosto de 2020

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Advogado de Lula pede que juiz reconsidere acesso a sistema da Odebrecht 05 de Setembro de 2019

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Aos 98 anos, morre sambista Riachão 30 de Março de 2020

Preta Gil recebe alta após diagnóstico de coronavírus: ‘Estou curada’ 27 de Março de 2020