Saúde monta esquema especial para Lavagem do Bonfim

09 1 2018, 10h58

“Quem tem fé, vai a pé”. Esse é o lema dos devotos do Senhor do Bonfim que na próxima quinta-feira, 11 de janeiro, se vestem de branco para a Lavagem em reverência ao santo e seguem o cortejo da Igreja da Conceição da Praia, no Comércio, até a Colina Sagrada, no bairro do Bonfim. Mas, fazer essa caminhada de 8 quilômetros exige alguns cuidados para evitar a desidratação e o desgaste físico.

O coordenador médico de urgências e emergências hospitalar em Salvador, Ivan Paiva, dá algumas dicas para os fiéis e turistas que participarão da tradicional festa soteropolitana. “As pessoas devem sair de casa bem alimentadas e evitar o jejum antes de ir a festa. Usar o protetor solar, calçados confortáveis, roupas leves e levar a sua garrafa de água ou comprar a mineral industrializada para evitar a desidratação. Além disso, ter o cuidado com a ingestão de alimentos e saber a procedência deles”, alerta.

Paiva orienta as pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, fazer uso da medicação de rotina. Consultar o médico sobre o esforço que irá fazer no percurso também é necessário para evitar problemas no trajeto. O médico ressalta, para aquelas pessoas que exageram no álcool no fim do percurso quando termina a parte religiosa e começa a profana, a importância de beber com moderação e evitar confusão. "É importante que aquelas pessoas que vão fazer uso de bebidas alcoólicas não excedam. Historicamente, a alcoolemia é sempre uma das principais causas de admissões nos módulos de saúde. Por isso a dica é beber com moderação", explicou.

 

Para atendimento aos fiéis, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) montou um esquema especial. Soteropolitanos e turistas vão contar com um módulo assistencial montado ao lado da Colina Sagrada que vai funcionar das 10 às 22 horas.  O espaço contará com cinco leitos e uma equipe de atendimento composta por dois médicos, dois enfermeiros e quatro técnicos de enfermagem.

Ficará à disposição da população ambulâncias do SAMU 192 para as ocorrências que necessitarem de transferências. Para os casos de maior complexidade, as Unidades de Pronto Atendimento Barris e Brotas também vão ficar na retaguarda para eventual necessidade.

 

 

Comentar

* NÃO SERÃO AUTORIZADOS COMENTÁRIOS COM PALAVRAS DE TEOR OFENSIVO COMO XINGAMENTOS, PALAVRÕES E OFENSAS PESSOAIS.