Prefeitura de Cardeal da Silva quita dívida antiga de policlínica ao Estado

 

 

A Prefeitura de Cardeal da Silva, no litoral norte da Bahia, quitou nesta terça-feira (08) uma dívida antiga no valor de R$ 82 mil ao Governo do Estado referente aos serviços contratualizados pela gestão para a Policlínica de Alagoinhas. O débito se arrastou nos cofres municipais nos exercícios de 2019/2020 e impedia o recebimento de verbas estaduais para aplicar em melhorias na cidade. 

Com o pagamento será possível destravar recursos, além de tirar o município da lista de inadimplentes perante o executivo estadual. 

O prefeito Branco Sales (PP) salienta que essa é mais uma das ações na área fiscal de Cardeal, já apontando para uma realidade bem diferente daquela em que foi deixada na última gestão. “Estamos cuidando dos saldos negativos que encontramos nos cofres da cidade e ao mesmo tempo gerando obras, emprego e renda para a cidade como as metas estabelecidas para a Prefeitura. Seguimos cada vez mais em frente à independência e autossuficiência administrativa e financeira de Cardeal”, detalhou.

Outras notícias

NOTÍCIAS

Deputados baianos intensificam luta pela assistência às pessoas que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas

10 de Junho de 2021

NOTÍCIAS

Bases do SAMU são vistoriadas em mais uma edição do “Manda SMS pra mim”

10 de Junho de 2021

NOTÍCIAS

Curso inédito de Autocura e Libertação elaborado por Olyvia Libório já está disponível para o público

01 de Junho de 2021

NOTÍCIAS

Salvador ampliará acessibilidade das pessoas surdas aos serviços da Prefeitura

31 de Maio de 2021

NOTÍCIAS

Copiou e colou: Vereador Hélio Ferreira comete plágio e espalha fake news nas redes sociais

28 de Maio de 2021

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Advogado de Lula pede que juiz reconsidere acesso a sistema da Odebrecht 05 de Setembro de 2019

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Em meio à pandemia, Ivete Sangalo planeja festão de Réveillon 10 de Maio de 2021

Latino presta depoimento após acusações de intolerância religiosa 07 de Maio de 2021