Assembleia Legislativa do Ceará aprova a extinção do TCM

Os deputados estaduais do Ceará aprovaram na tarde desta quarta-feira (21) a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que extingue o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM).  Na votação em primeiro turno, foram 31 votos a favor, 12 contra e uma abstenção. Na segunda, 31 ''sim'', nove ''não'' e uma abstenção. A PEC tramitou 13 dias na casa e foi aprovada em regime de urgência. A extinção ainda precisará ser sancionada pelo governador do estado, Camilo Santana, e passa valer após publicação no Diário Oficial do Estado.

Também foi aprovada nesta tarde uma emenda que determina que os servidores efetivos do extinto tribunal sejam aproveitados de imediato. O deputado Roberto Mesquista, que se posicionou de forma contrária à extinção do TCM ao longo dos debates na Assembleia, afirma que a proposta é inconstitucional. De acordo com ele, a PEC aumentaria em sete o número de conselheiros no TCE, e a Constituição Federal determina que sejam sete conselheiros. Ainda segundo Mesquita, a mudança tira ações que julgam prefeitos da autoridade natural competente. 

O deputado Renato Roseno (Psol), que já havia defendido a extinção do TCM em 2009, pede que, com a aprovação da PEC, o Tribunal de Contas do Estado, que vai acumular as funções do TCM, selecione conselheiros e servidores com base técnica, e não por indicação política. Carlos Matos (PSDB) se absteve nas duas votações alegando que não houve tempo suficiente para avaliar a matéria.

Entenda a PEC
A Proposta de Emenda Constitucional 02/16 começou a tramitar em 8 de dezembro na Assembleia pedindo a unificação do Tribunal de Contas do Estado do Ceará (TCE) com o TCM.

Ao longo das discussões, o autor da proposta, Heitor Férrer alterou a PEC, que passou a prever a extinção do tribunal. Férrer defende que o fim do TCM vai gerar economia sem prejudicar a fiscalização das contas do Estado e dos municípios do Ceará. Ele foi contrário à votação da medida em caráter de urgência.

Os deputados estaduais derrubaram nesta terça-feira (21) os quatro recursos que tentavam barrar a proposta.  Ainda na noite de terça, a Comissão de Constituição, Justiça e Redação aprovou a admissibilidade da PEC e a matéria tramitou em regime de urgência na casa.

Outras notícias

NOTÍCIAS

Deputados baianos intensificam luta pela assistência às pessoas que fazem uso abusivo de álcool e outras drogas

10 de Junho de 2021

NOTÍCIAS

Bases do SAMU são vistoriadas em mais uma edição do “Manda SMS pra mim”

10 de Junho de 2021

NOTÍCIAS

Prefeitura de Cardeal da Silva quita dívida antiga de policlínica ao Estado

09 de Junho de 2021

Débito ultrapassava R$ 80 mil e impedia recebimento de novos recursos estaduais

NOTÍCIAS

Curso inédito de Autocura e Libertação elaborado por Olyvia Libório já está disponível para o público

01 de Junho de 2021

NOTÍCIAS

Salvador ampliará acessibilidade das pessoas surdas aos serviços da Prefeitura

31 de Maio de 2021

Ver mais

Do amor à indecisão 09 de Março de 2018

Advogado de Lula pede que juiz reconsidere acesso a sistema da Odebrecht 05 de Setembro de 2019

STJ analisa liberdade de Temer na próxima terça-feira 09 de Maio de 2019

Em meio à pandemia, Ivete Sangalo planeja festão de Réveillon 10 de Maio de 2021

Latino presta depoimento após acusações de intolerância religiosa 07 de Maio de 2021